Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" ESCRIZOFRENIA DA SOLIDÃO"

Numa ânsia esqizofrênica, questiono minha criação.
Até certo ponto, posso dizer satisfeito;
mas porque as aves tem asas e eu não?
Porque elas voam quando bem entendem,para qualquer lugar, sem perguntar a quem quer que seja?
Porque tem o direito de, voando pelas alturas, contemplar a beleza da natureza, percorrer rios, montanhas, valados...,dormir onde desejar e, sem ter que dar satisfações de seus atos a ninguem?
Será que elas tem tédio, opressão ou qualquer outro meio estressante nos finais de semana? Será que elas tem saudade? Ah! Será que elas amam intensamente? E se amam livremente , porque sou eu privado do direito de voar para os braços de um grande amor?
Porque sou eu preso pelas circunstancia da vida, preso pelas necessidades, e pela falta de liberdade?
Será que as aves sabem que a solidão revestida por uma  ardente paixão devasta sentimentos, tal qual uma doença incurável e por isso voam para tentar dispista-la?
Roosevelt Luiz de Souza Souza
Enviado por Roosevelt Luiz de Souza Souza em 18/11/2006
Código do texto: T294758

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roosevelt Luiz de Souza Souza
Osasco - São Paulo - Brasil
58 textos (4473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:29)