Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O tempo em mim.






O meu passado
é saudade
o meu futuro
poderá ser vaidade
na janela do mundo
os canais levam tudo
vejo só pela arte
conceito de um homem comum
totalmente simples
preso no ar da poesia
que a consciência
não quer deixar passar.
Então viaja comigo
para nunca se esgotar
apresenta o velho
experimenta o novo
no atormentado momento
sou cantado pelo vento
no berço dos sonhos
às vezes não sou material
às vezes me sinto espiritual
meus claros lindos olhos castanhos
choram nas dimensões
que o portal do coração
abre a minha frente.
Sem ter forças para andar
viajo voando
para qualquer lugar
basta o passado
basta o futuro
basta a saudade
me apertar.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 18/11/2006
Código do texto: T294873
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
721 textos (26287 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:08)
Condor Azul