Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0886 - E ela amou...



 

Era luz da saudade que brilhavam seus olhos,

um manto branco envolvia seu corpo,

sua força emanava felicidade,

tinha um adeus contido na mão estendida.

 

 

O rosto estava maquiado de desejo,

na boca, a ânsia de um beijo longo,

era tão pouco o prazer que a fazia delirar,

o sono engoliu seus sonhos antes do amanhecer.

 

 

Outra vez ela amanheceu brilho de sol,

as sombras fugiram com medo da sua força,

por onde passava as placas avisavam do amor,

um que faz a alma ir além de tudo que viveu.

 

 

Hoje é um dia com jeito especial,

não se sentia vazia, na verdade nada sentia,

a incerteza fazia pisar com passos cuidadosos,

sem ir as beiradas, sem invadir o meio do dia.

 

 

Não era de luz a saudade que fugia do rosto,

após anos de caminhada o amor tocou sua alma,

o sorriso partiu seus lábios com um beijo,

o abraço abafou a mão do adeus e ela amou.

 

 

17/11/2006

 
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/11/2006
Código do texto: T295729
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:58)
Caio Lucas