Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0888 - Mágoa



 

 

Lembra aquele ''não'' de há muito tempo?

Deixou-me triste, você não, tinha suas razões,

até que um dia acordei e não era tristeza,

era um dia, um sonho, uma mulher que passou.

 

 

Caminhei apesar de sempre lembrar de você,

fui nos mesmos lugares,

andei de mãos dadas com seu fantasma,

não tinha amor, hoje não me tem.

 

 

Voltei a falar de amor pra outra pessoa,

não precisei implorar,

aprendi que gostar é diferente de paixão,

apaixonei-me, fez falta aquele dia.

 

 

Ouça quando alguém falar de amor,

ao menos escute, o carinho pode te fazer bem,

quando o amor estiver ausente vai saber,

é capaz de chorar, se ainda não sabe.

 

 

20/11/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 20/11/2006
Código do texto: T296532
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:10)
Caio Lucas