Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXPOSTA

Me sinto às avessas!
Entranhas expostas
Subindo à cabeça!

Me sinto às avessas!
Vontade crescente
Necessidade presente
Eu quero você!

Me sinto às avessas
Pernas dormentes
Expondo a flor que agoniza
Pela falta de você!

Me sinto às avessas
Faço caras e bocas
Sou rota de prazer!

Me sinto às avessas
Meu dia é escuro
Vem me viver!

Me sinto às avessas
Sou puro tesão...
Vem, vem me comer!

Santo André, 20.11.06 – 14h33min
Enloucrescida
Enviado por Enloucrescida em 20/11/2006
Código do texto: T296569

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enloucrescida
Santo André - São Paulo - Brasil
634 textos (89716 leituras)
14 áudios (2047 audições)
4 e-livros (1045 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:19)
Enloucrescida