Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTRORA

OUTRORA


Quando você chorou enxuguei suas lágrimas com minha mão
Te apertei em meus braços sentindo os teus seios
Fiz minha primeira e não última declaração.
Pois se tento fugir me enleio.

Misturo delírios, desatino e emoção.
Perco-me e encontro-me em devaneios
Quando simplesmente faço minha confissão
Arde-me o peito com fortíssimos anseios

E de repente, tão de repente minh’alma palpita.
Sai do meu corpo...levita...
Na atração dos teus braços

Fiz tantas loucuras e já não sei mais se faço
Todas as coisas que fiz quando tudo começou
Quando desesperadamente você me amou.

Escritor e Mestre Jailson Santos
Jailson Santos
Enviado por Jailson Santos em 21/11/2006
Código do texto: T296942

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jailson Santos
Salvador - Bahia - Brasil
46 textos (2390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:16)
Jailson Santos