Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMEU...

     Poemeu...

Marilú Santana

 

Assim é o meu poema...

De letra simples falante

Não da realidade amena

Mas do coração amante

 

Não de um coração qualquer

Do músculo preso no peito

Seja de homem ou de mulher

Mas do etéreo do não sujeito

 

Do que mesmo assim se rebela

Não fazendo do amor barganha

Exposta em qualquer tabela

 

Do irrestrito vazante na janela

Semeadura que a terra apanha

Sol de ventura em viva aquarela

Recife -20/11/2006

Marilu Santana
Enviado por Marilu Santana em 21/11/2006
Código do texto: T296962
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilu Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
204 textos (37058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:04)
Marilu Santana