Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Realidade inconstante

Nada me pertence
A não ser essa súbita impressão de que nada vale a pena
Tentativas perdidas, insanas, demasiadas,
(...)

Não tem nexo,
Não tem por quê
Nada será como antes
Em um contexto que a razão se perde em meio à tamanha importância do real

Inconstância, medo, temor, desejo
Uma confusão de sentimentos
Não tem sentido,
Algo que se perde e se encontra no mesmo lugar.

Ser uma pessoa sensata
Que pensa, opina e age de maneira prudente
É isso que se almeja, que se quer alcançar
Clichê?! Já não sei.

Ilusões, sonhos que não começaram
Desperdiçados, dilacerados pela vida,
Vida mal vivida, mal planejada...
...recomeçar.



Katiene Duarte
(21/11/06)
11:41 hrs
Katiene Duarte
Enviado por Katiene Duarte em 21/11/2006
Reeditado em 02/04/2007
Código do texto: T297345

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar nome do autor, link para obra original e para o site "www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Katiene Duarte
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
15 textos (1749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:33)
Katiene Duarte