Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMADA.

A M A D A.



A mulher amada
Têm seios de flores
Faces de lua e
Lábios de água
Cristalina em gotas
A saciar a minha sede
Nessa fonte inesgotável
Nascente de desejos
A mulher amada
Sempre será amada
Pela concha do sexo
Abismo profundo em
Vórtice de desejos
Num afago sonhado
Pelas suas mãos quentes
Magras de brancos dedos
Qual polvo faminto
Em evoluções e convulsões
Rito do sexo em cadência
Da mulher amada, simplesmente
Sempre bem amada
Amada, bem amada, horizontalmente.


Eráclito Alírio




Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 22/11/2006
Código do texto: T297976
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 74 anos
889 textos (135220 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:19)
Eráclito Alírio da silveira