Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades do amor que eu não tive



Observei-te ao tempo de minhas lembranças
Como mãe a vislumbrar um filho amado
Desenhei tuas formas em minhas esperanças
De possuir-te um dia, anjo meu adorado...

Ainda brincavas feliz, entre as doces crianças
Tua nívea tez refletia um carinho iluminado
Observei-te ao tempo de minhas lembranças
Como mãe a vislumbrar um filho amado...

Deixei levar-me por dúvidas e desesperanças
Não tentei ser teu amor ou ser um namorado
Nada disse, nenhuma palavra nem alianças
Passou a juventude, não me senti encorajado
Observei-te ao tempo de minhas lembranças



obs:

A imagem é o objeto da saudade do poeta.
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 23/11/2006
Reeditado em 23/11/2006
Código do texto: T299065

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916678 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:06)
Denise Severgnini