Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade

Hoje acordei disposto
A jogar muita água no rosto
E me preparar pra batalha

Sei que ela é mais forte
E por mais que eu tenha sorte
Corta-me feito navalha

Corrói tão rápido minha alma
Destrói o que tenho com calma
Quer saber quem me faz essa maldade?

Você descobre que me abraçando
Mata quem vem me matando
E que o nome dela é saudade
Denio Limeira
Enviado por Denio Limeira em 24/11/2006
Código do texto: T300254
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denio Limeira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
82 textos (4873 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:21)
Denio Limeira