Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA GOTA DE SANGUE EM CADA PALAVRA

Estes versos são frutos de um amor impossível
De uma remota paixão mal resolvida
Minh’alma geme no vento com esta chaga invisível
E vez por outra caminha pelo ar com a dor desta ferida
Este corte ironiza minhas dores
Em síntese me derramo completamente
Por não ter alegrias, por não ter amores.
Caem-me do rosto as gotas de suor tão de repente
Uma gota de sangue em cada palavra
Nestas entrelinhas que você começou a ler
Estou presente neste mar de lágrimas
E mesmo estando aqui você não pode me ver
Pois eu tenho os mesmos anseios doentios
Uma gota de sangue em cada palavra em verso convertido
Pouco a pouco escorrendo em rios
Ensangüentando a ilusão do meu gemido
Avermelhando minhas tristes alegrias
Meu DEUS eu meu banho no sangue de minhas próprias nostalgias
Uma gota de sangue em cada palavra
Que em vão me escondo e me procuro
Arrastando-me às apalpadelas no escuro
Minh’alma de sofrer esta louca
A procura de socorro, de abrigo, de ajuda.
De tanto emitir voz ficou rouca
De tanto gritar ficou muda
E se debate pasma, surpresa.
Com uma gota de sangue em cada palavra
Que em meu coração esta presa.

Escritor e Mestre Jailson Santos
Jailson Santos
Enviado por Jailson Santos em 25/11/2006
Código do texto: T300684

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jailson Santos
Salvador - Bahia - Brasil
46 textos (2390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:20)
Jailson Santos