Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Livro.

Poeira nos livros da estante, poeira de um tempo antigo,
E tudo o que eu li,
Olhei nos olhos da fantasia,
Me tornei um guerreiro,
Um príncipe no cavalo branco,
De tudo o que eu soube, nada ficou, me tornei mulher,
Chorei poesia, nada me resta, um motivo de saudade,
Correndo no mesmo lugar, sem parar, sem se mover,
Queria ler o seu amor,
Fantasiar seus beijos,
Encontrar dentro de um romance,
Te fazer vadia de um romance policial,
Desenhar e amar em muitas páginas, ser seu amante, teu cúmplice, teu assassino,
Fazer com que o começo, o meio, e o fim, sejam eternos,
O livro do meus desejos, escrevi você,
Inventei mil historias pra te encontrar,
Tão estúpido, tão cansado não enxergo mais,
Que vontade de gritar, quero uma carta de amor,
Um novo amanhecer, queima em mim, esse meu sorriso sincero, machuca o meu coração,
E o fim desses dias, fim desse tempo,
Que vontade de gritar, quero uma canção de amor,
Quando te perdi, deixei de me encontrar, devolve os meus dias,
Devolve a minha historia,
Devolve o meu livro.
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 02/07/2005
Código do texto: T30089
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:38)
Leo Magno Mauricio