Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Doce loucura

Sentir você é loucura
Uma doce loucura
Quando teu olhar cruza o meu estremeço
Meus olhos brilham
O corpo aquece
A pele irisa
Teu olhar me despe
Quando me tocas fico tonta
Meu coração dispara
Perco rumo
A mulher se transforma em menina
Se entrega
Se deixa conduzir
Sente cada caricia
Vibra a cada toque
Entontece com as palavras sussurradas aos ouvidos
Quando teu corpo pesa no meu não penso
Sinto, te sinto inteiro
Entre gritos e sussurros te falo palavras de amor
Amor que trago no peito, na alma
Que é pura emoção
Tu me apertas mais e mais
Me beijas
Me mordes
Me cheiras
Me lambes
Eu enlouquecida expludo em meio a juras de amor
A ti entrego minha essência
Meu mel
Somos um só ser fundidos em um só querer
Na mesma emoção
No amor que é louca paixão
Dando sentido ao viver.


ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo o que sinto, como sinto quando sinto.
Longe, muito longe de ser uma poetisa, sou apenas alguém que sente!

Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 25/11/2006
Reeditado em 07/05/2012
Código do texto: T301253

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146154 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:44)
Dama De Negro