Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva Vulcânica do Amor

JORGE LINHAÇA
 
 
Caem as cinzas incandescentes
sobre o meu corpo desnudo
cinzas vermelha, ardentes
Do amor  até agora mudo
 
Cobrem-me o corpo, queimam
com brazas de paixão incontida
tento fugir, mas as pernas teimam
em ficar imóveis, aturdidas
 
Sinto a tua aproximação silente
num misto de ânsia e de medo
Meus olhos faíscam reluzentes
 
Revelam-te os meus segredos
guardados tão inconscientemente
Entrego-me aos teus brinquedos
 
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 25/11/2006
Código do texto: T301446
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 55 anos
3723 textos (711324 leituras)
95 áudios (13093 audições)
1 e-livros (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:29)
Jorge Linhaça