Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

namorados do dia

                não posso, não devo esquecer
             do lado sombrio da vida
           não posso, não devo esquecer
         do Auto da Compadecida
        não posso, não devo esquecer
     que a cama ficou aquecida
   por tudo que tive, vou ter
que não me esquecer da ferida...

             e desde esse dia saber
           que a vida é uma luta renhida
          e nem sempre importa vencer
        pois logo haverá a partida
      que leva o que é pra gente ter
    e torna a vitória esquecida
  melhor é achar o prazer
no trago de uma despedida...


Rio, 12/06/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 26/11/2006
Código do texto: T301565

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144465 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:27)