Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU ANJO LUZBEL

 

 

Menina: Tu és doce e angelical.

Se o destino não secionasse

O vínculo que fora havido

Terias com certeza magistral

Alguém, que talvez te alegrasse,

Uma irmãzinha ou irmão nascido.

Lindos, como flor branca e boreal.

Amiguinhos teus para que levasse,

Alegria em teu coração dorido.

Dúplices da tua beleza sem igual.

Lindos e belos com a mesma face,

Pra brincarem a sós e divertidos,

Com Luzbel um anjo celestial.

Entretanto, minha linda, tu és a única,

E no meu paraíso tu és Querubim.

Não repartiremos essa dádiva.

Anjo tu és somente para mim.

Uma criatura celeste e minha,

Amando-te como se tu foste.

Luzbel, aquela doce alminha.

 

 

Eráclito Alírio

 

 

 


Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 26/11/2006
Código do texto: T301698
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 74 anos
889 textos (135237 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:02)
Eráclito Alírio da silveira