Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amálgama

O amor é a amálgama, a liga perfeita, a união equilibrada de várias sensações, como carinho, amizade, atração, desejo, tesão, admiração, etc ...

Amar é a arte de lapidar um diamante bruto, sempre em busca da eterna perfeição, milímetro pós milímetro, com muita paciência,calma e dedicação, uma jornada mítica em busca da felicidade.

Amor é o que o oceano demonstra quando recebe o rio, abraça-o,envolve-o e o torna parte de si, não desaparecendo com sua essência e sim mesclando-se em busca do Tao.

Amar é vive um sonho acordado, é aproximar-se do divino, é transcender os intangíveis e indeléveis limites do palpável e do real, é ter asas e saber ir onde os céticos jamais pisaram, é entender que o duo, você e a pessoa amada, são apenas merismas de um já quase esquecido Uno.

Amor é a condição em que a sua felicidade é extensão da do outro e não pode existir dissociada desta.

O amor possui vários nomes e divisões, tais como : Eros, Philos e Ágape, mas estas são só variações vibracionais de uma mesma onda, que uma vez gaera, segue inexorável sua sina, completamente inerente ao nosso controle.

Amor, é extamente o que sinto por você, com todas as palavras e conceitos descritos e mais os que viermos a criar.

Amar é tudo que quero com você, por toda essa existência e muitas mais,a té o último nanosegundo do Universo Manifestado ..e além

Leonardo Andrade
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 26/11/2006
Código do texto: T302112

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1568 textos (71179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:20)
Leonardo Andrade