Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


 
CHOREI...


Fiz-me infinita
na finita espera...
Peito aflito
pulsando contrito.
 
Os pensamentos voejam
pelo túnel  do passado,
sem entender
do presente o porquê...
 
Em meu rosto exposto
a face do desgosto,
imersas emoções
no coração, sequelas
da vida em mazelas.
 
O breu é maior que a estesia...
Corpo ofegante, arfante,
à espera do fatal instante
da partida anunciada.
 
Chorei,
com a noite que se aconchegou
e em seus braços me abandonei...
 
Chorei...
Pois nem assim minha estrela brilhou
e a espera se fez
em matizes desbotados,
nos tons destoados
de um adeus.
 
Chorei...
A tristeza adentrou,
se aportou,
tingindo a alma
que também chorou...


 
14/08/2006
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 26/11/2006
Reeditado em 18/06/2011
Código do texto: T302253
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60687 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:34)
Anna Peralva