Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo Bem

Eu me disfarço de feliz
E o pior pra mim não há.
Me acomodo na raiz
De uma atitude popular
Ah, pra ver se dá, ah, pra ver se dá, se dá.

Minha esperança é quem me diz
Que o Flamengo vai ganhar
Minhas idéias infantis,
Minha angústia escolar
Ah, mas eu vou lá, ah, mas eu vou lá, vou lá.

Na loteria, por um triz,
Quase consigo acertar.
Ser importante no país
Qualquer um pode almejar
Ah, dizem que dá, ah, dizem que dá, que dá.

Debaixo da lua você
Pareceu me acenar.
Então pulei, pára-quedas se abriu.
Quando cheguei, você não estava lá.

Pra quê essa vida entender.
É melhor não ligar.
Veja você, eu só quero é poder
Não ter prazer em reclamar.


Rio, 10/04/1977
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 27/11/2006
Código do texto: T302610

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:43)