Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

água sobre o açude

o falso pintor vê a tela
e nela o que vê é um gato
vai pra trás da geladeira
como se fosse um rato
tremendo e também ronronando
te amo, te amo, te amo

o falso escultor toma o molde
e nele aparece a bolha
ele se desespera
ao ter que fazer a escolha
mas logo se acalma cantando
te amo, te amo, te amo

o falso cantor aproxima
a boca do microfone
e vê o poder que alucina
ao ter que dizer o teu nome
por isso vai desafinando
te amo, te amo, te amo

o falso pastor vê a hora
que seria a da oração
porém ao te ver ele implora
de Nosso Senhor o perdão
por ter que ficar explicando
te amo, te amo, te amo

o falso doutor fecha o corte
a mão já não treme demais
o paciente deu sorte
ou ele é que não foi capaz
de se perguntar até quando
te amo, te amo, te amo

o falso poeta enfrenta
a luta renhida com as letras
mas logo se desorienta
ao ver seus mamilos e tetas
que o fazem ir balbuciando
te amo, te amo, te amo

mas eis que o falso escritor
colheu a frase mais linda
mas logo depois ele achou
que não era hora ainda
e assim continua teclando
te amo, te amo, te amo


Rio, 20/07/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 28/11/2006
Código do texto: T303382

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:42)