Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O quanto você ainda está em mim.


Autor: Daniel Fiúza
27/11/2006

Ainda sinto queimar
nos meus lábios o beijo teu
como se tua boca se fundisse a minha
num eterno beijo.
Ainda sinto o pulsar
do teu coração junto ao meu
ouço as batidas descompassadas
no ritmo descontrolado
na ânsia de amar.
Ainda sinto teu inebriante perfume
embriagando-me de prazer
deixando meus sentidos desnorteados
no doce cheiro guardado,
que vinha de dentro de você.
Ainda sinto a maciez da tua pele
sinto dela o calafrio aos meus carinhos
sinto os pêlos arrepiando no caminho
denunciando teu prazer.
Ainda sinto tuas coxas me apertando
querendo o máximo do momento
ainda ouço a música o teu lamento
a sensual sinfonia
prenúncio do teu orgasmo.
Ainda sinto teus seios em minhas mãos
taças sensuais de sensibilidade
onde bebi o vinho do teu corpo
e na embriagues dos nossos sentidos
Senti mos a explosão do nosso prazer.
senti e ainda sinto...
me envolvendo loucamente
o quanto você ainda está em mim.

Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 28/11/2006
Código do texto: T304066
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:34)
Domfiuza