Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero falar que te amo!



Cada vez que se aproxima
Sinto meu chão sumir,
Um frio percorre minha espinha.
Minhas mãos estremecem,
Meu coração acelera;
Minha voz treme.
Cada vez que se aproxima.
As palavras que tanto ensaiei dizer-te
Vão se embora, fogem para longe,
os gestos que imaginei fazer,
são atropelados, desajeitados;
quase desastrosos.
Ah! o momento tão esperado,
tão imaginado parece me sufocar.
É como se o seu perfume me enlouquecesse,
e por um instante esquecesse tudo que eu
tinha a dizer-te
É como se a sua voz cantasse ao meu ouvido me
fazendo flutuar, vagando num sonho distante
quase dançando em seus braços...
Cada vez que se aproxima
penso que vou ter coragem
falar desse amor, sair desse sufoco
falar dessa paixão que me mata aos poucos
Mais uma vez...
Vejo você partir,
E cada vez que se vai
Fico a imaginar como será quando novamente
Você de mim de se aproximar.
(Sirlei L. Passolongo)


Sirlei L Passolongo
Enviado por Sirlei L Passolongo em 29/11/2006
Código do texto: T304415

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sirlei L Passolongo
Cianorte - Paraná - Brasil, 46 anos
1377 textos (181356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:59)
Sirlei L Passolongo