Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor


Eu derivei meu amor
Mas percebi que o limite
Tendia para o infinito.
Como solução
Somente a integração.
Usei a integral indefinida
Para calcular seu tamanho
Mas percebi
Que era n-dimensional.
Então achei
Que era tudo relativo
E que dependia do referencial
Em cada ângulo
Imaginei meu amor
Mas também percebi
Que em leis não se enquadrava.
Achei tudo aleatório
Pedi socorro a probabilidade.
Se era variável dependente ou independente
Foi difícil de diagnosticar
Mesmo com intervalo de confiança
O amor caiu além dos limites
Soltei o coeficiente de aceitação
Mas o amor assumiu valores
De uma complexa inequação.
Então tarde eu percebi
Que o amor não tem explicação.
André Hemerly
Enviado por André Hemerly em 29/11/2006
Código do texto: T304780

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Hemerly
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
50 textos (3944 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:35)