Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reencontro

Eis que feito foi um abismo
Entre duas Silmarils*
E o tempo estancou por mimetismo
Petrificando cada leito dos rios

Um trinado agudo
Ecoava no relutante vento
Mensageiro que leva a finco
O recado do tormento

Mas quando o recado chega a seu destino
E das gemas reaviva o fulgor de brilho inefável
Propõe solução a qualquer desatino
Reunindo, o que separa, em contato afável

E a importância do reencontro
E dois amores voltam a ser um
E a felicidade estampadas nos rostos
Não deixam em seu redor desalento algum!

 
* Silmarils, três magníficas pedras preciosas lapidadas por Fëanor, que criou seu fogo interior a partir da fusão das luzes das Árvores de Valinor, mais tarde cobiçadas por o então Melkor, sua historia é contada no Quenta Silmarillion, terceiro livro do Sillmarillion, pág 73-81.

Gustavo Fernandes
Enviado por Gustavo Fernandes em 29/11/2006
Reeditado em 29/11/2006
Código do texto: T304854
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Fernandes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 34 anos
55 textos (2018 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:49)
Gustavo Fernandes