Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Das trevas fui retirado por você...

As noites de outrora,
eram negras, sem brilho, sem luz...
Não ouviam-se sons,tudo era silêncio,
tudo era só ausências!
A vida, a minha vida,
era então um viver vegetativo,
onde na alma nada se manifestava,
e no corpo, nenhuma força,
e o existir era apenas consumir-se!
E numa noite,teu sorriso, na distância,
rouba-me a atenção, perturba-me o juizo!
E tua aproximação,a me trazer sensações
a muito esquecidas...
E enquanto passavas ao alcance de meus olhos,
levava minha visão e o bater de meu coração consigo!
E assim nosso primeiro contato
foi uma fagulha de esperança...
Esperança que nem ao menos sabia-se esperança!
Nosso segundo contato,foi seguido por poucas palavras...
E o som que vinha de ti era tão lindo,
canto de sereia da iliada!
Transpus meus medos,
os muros de minha solidão,
abri caminho para o seu passo,
que sem medo quis vir em minha direção!
No terceiro contato,já não havia como resistir-lhe:
Quis com loucura teu contato!
E assim, entre idas e vindas,
você foi se apoderando de minha vida,
e eu nem posso mais viver sem ti!
E sem saber o que fazias,
tu me retiravas dos braços da loucura,
dos carceres da solidão,
dum inferno em vida!
Foste sem medo
tão fundo em minha alma,
que agora só em ti ela se acalma,
em seus braços busca guarida!
E assim, dominando meus demonios, meus temores,
tu que me buscastes no mais profundo inferno,
foi me mostrando outros hemisférios,
outras paragens nesta vida,
que são mais doces, alegres e ternas...
Tu foste o anjo que me guiará pelos infernos dantescos,
e mostrou-me o céu!
E outras primaveras!

Edvaldo Rosa
29/11/2006
WWW.SACPAIXAO.NET

Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 29/11/2006
Código do texto: T305147
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173718 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8978 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:55)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor