Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Amor Escrachado


Que louco amor é esse 

Que me deixa atordoado 

Nada segue um curso normal 

É um sentimento no avesso, bagunçado 

Se afasta e aproxima 

Hora é mulher , outra é menina 

Penso estar na cama, já dobrou a 
esquina 

Se faz de amiga 

Promove intriga 

Ao tentar prendê-la 

Corro o risco de perdê-la 

Sabe que sem ti não vivo 

Isso te traz alívio 

Doce e cheia de ternura 

Passo noites de amargura 

Se mostra calma e tranquila 

Eclode em volúpia e sarcasmo 

Antes do fim é já é puro marasmo 

Me sujeito ao teu desmando 

Gostaria de estar no comando 

Me usas do jeito que quer 

Mas eu te amo, mulher. 

Perco o juízo, perco o tino 

Até onde suportar nem imagino 

Quanto mais agrado 

Mais foge 

Quanto mais quero 

Mais perco 

Sozinho no leito, palpita o peito 

És na sociedade uma dama 

És promíscua na cama 

A tua falta faz com eu beba 

Me torno indolente e desleixado 

Aí voltas e com todo abgrado 

Me deixa denovo prostado. 

Esse amor bagunçado é um desatino 

Esse amor escrachado é nosso destino.

GDaun
Enviado por GDaun em 30/11/2006
Código do texto: T305523

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:49)
GDaun