Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amar com o olhar, não preenche a sua ausência

Amar com o olhar não preenche a sua ausência.


Procurar uma parceira
Se torna por vezes
Uma obsessão por uma busca .
Uma busca pela felicidade maior
Pelo amor perfeito
Pelo respeito idealizado
Pelo companheirismo harmonioso
Porém nem sempre o alcançamos.
Busco em todos os caminhos
Pela sua presença
Por sua realidade
Em meus dias futuros.
Sempre repito
Entre amigos e rodas de bossas
Que quero um amor simples
Para poder transforma-lo
Em amor perfeito.
Em meu peito bate a sensação
De que amar com os olhos
Sem a presença carnal
Não preenche meu vazio.
Amar somente a te observar
Sem poder te tocar
Sem nada poder dizer
Sem o teu perfume sentir
Não e amar
E uma forma do destino
Imprópria comigo
De me castigar.
Tenho certeza,
Eu afirmo, é castigo!
Amar a distância
Não e meu sonho
E uma forma de amar
Que não combina comigo,
Pois chega enfim,
De na minha vida
Amar para sofrer .
O amor tem que ser pra valer.
Tem que ser possuidor
Domador de corpos
De situações
Ao amar temos que ter sedução,
Temos horas de tristezas
Que são amparadas
Pelas horas de alegria
Temos momentos de tesão
Que são divididos
Com momentos de reflexão
Existe a compreensão
Que nem sempre e compartilhada
Pelos momentos de emoção
Não podemos esquecer a paixão
Daquelas que vem e ficam
Mais que também tem suas horas
De fraqueza,
De duvidas
Que em certas horas são extensas
Duradouras,
Mais que acabam em segundo plano
Porque o sentimento os abafa
O amor real as vence
E assim nos devolve
Os momentos de calor e sensualidade
Dando a vitória
Ao amor da realidade .
Um amor com olhar
Não mostra ao extremo
A paixão imensa que arde
Que nos consome
Tão ardente feito chama
Que nos queima pela ausência.
A paixão
Pressupõe contacto,
Lembra nos dois numa cama
Trocando carícias
Beijos fervorosos
Palavras gostosas
Numa troca envolvida pela sedução
Com juras de amor
Dedicações eternas
E respeito mútuo.
Nessas horas
Trocamos juras de amor
Trocamos tudo,
Tudo mesmo
Que nos dê prazer!
É preciso portanto
A sua aproximação,
E preciso eu sentir a tua respiração
O toque dos nossos corpos
Das nossas bocas
Das nossas mãos
Não me furto sempre
A ficar e a ficar a repetir
Que em minha cama
Em minha vida
Preciso dos teus abraços
Preciso dos teus carinhos
Preciso dos teus beijos
Preciso dos teus gritos
Preciso dos teus sorrisos
Preciso do teu choro
Preciso da tua alegria
Porque em minha vida
A você no meu dia a dia
Olhar-te apenas
Te observar somente
Não me satisfaz,
Pois,
Sempre
Irei querer um pouco mais .
Para que ao seu lado
Eu consiga me satisfazer
De forma real e completa
Terei que ter a tua presença
Para enfim,
De forma suscinta
Poder acabar com meus desejos
Realizar em você minhas fantasias
Dedicar a você todos os meus momentos
Porque só te olhar
Não me basta !


Fratello
Enviado por Fratello em 30/11/2006
Reeditado em 04/12/2013
Código do texto: T305667
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citando o nome do autor Fratello e o site www.fratello.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fratello
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
107 textos (19856 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:51)
Fratello