Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...e o mundo era apenas...NÓS

Perscrutando meu coração,
Nas profundezas do meu sentir,
Encontrei a paz, quase infinita
Uma sensação tão bonita!
Do âmago da alma a emergir.

Você estava lá!
Quietinho...
Olhando-me, com um olhar tão doce
Como quem lê na alma.
Não precisou de palavras,
Para dizer ou ouvir,
Todo o meu sentir,
Que há muito já conhece

Nossas almas se encontraram nesse olhar
Como as águas de um rio buscam o mar

Unidos, nessa doce contemplação
Senti que o mundo era apenas: NÓS.
Nada havia ao derredor,
Conturbando essa emoção.
Apenas sombras circulavam, lentamente
Fazendo um "pano de um fundo" envolvente,
Ao nosso enlevo,
Ao nosso amor
Serelepe
Enviado por Serelepe em 30/11/2006
Reeditado em 02/12/2006
Código do texto: T305672

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Serelepe
Curitiba - Paraná - Brasil
552 textos (36114 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:20)
Serelepe