Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONTIGO

E eu sofro em silêncio,
O grito que tu calas,
Que adentro no meu coração
É chaga se revelando,
Que nos olhos por se mostrar,
Também é silêncio meu,
Que farei silenciar.

E assim eu calo,minto,
Sobrando na saudade
O que ficou por fazer,
Atentos reparos,
Silêncios por palavras
E palavras por silêncios,
Que agora se firmam
E são imensos no sofrer.

Não sorrias amor,
Não penses sequer em nada,
Que a tua voz seja apenas
Estes meus olhos velando-te,
E quando achares razão,
Desse teu calar tamanho,
Saibas tu então
O quanto ainda te amo.


Jorge Humberto
(16:08/Maio/08/03)

Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 30/11/2006
Código do texto: T306086
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66675 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:12)
Jorge Humberto