Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Na Mata


O Velho Lampião Emitia Uma Luz Bruxuleante 

Parecia Não Ter Forças Para Dissipar As Sombras
Embalado Pelo Suave Murmúrio De Uma Cascata 

Estava Prestes A Cochilar 

Uma Leve Brisa Sacode O Tecido Da Barraca 

Olho Para A Tela E Vejo Silhuetas 

São As Ramagens Das Árvores A Baloiçarem 

Olho Pela Fresta De Entrada E Vejo O Céu 

Salpicado De Estrelas Como Tiara De Virgem 

Em Festa De Quinze Anos. 

Devaneio . . . 

Algo Me Chama A Atenção...

É Uma Estrela Cadente. 

Me Reporto `Infância E Me Lembro De Tantas 
Crendices 

"Se Voce Ver Uma Estrela Caindo... 

Faça Um Pedido Com Bastante Fé E Voce Terá O Teu Pedido  Atendido 

Santa Inocência... 

Minha Alma De Criança Creu E Minha Alma De 
Adulto Adúltero Também. 

"Pensei Em Voce... 

Como Seria Bom Se Estivesse Aqui E Agora. 

No Meio Da Mata, Longe De Tudo E De Todos 

Poderíamos Amar A Vontade 

Despir O Verniz Da Sociedade 

Preocuparmos Apenas Com A Saciedade 

De Noite E De Dia 


Rolar Na Grama 

Coisas Simples Não Precisa De Grana 

Fazer Amor Sem Pudor 

Por Testemunha A Natureza 

A Música Dos Pássaros 

Nos Embala E Embevece 

Faz O Que Mais Nos Apetece 

Sob A Luz Da Lua 

O Teu Corpo É Meu 

A Minha Vida É Tua 

Tomar Banho Nú 

Nadar Como Viemos Ao Mundo 

Fazer Deste Lugar Um Novo Jardim Do Éden 

Voce A Eva E Eu O Adão 

Um Adão Desajeitado E Canastrão 

Mas Que Tem Voce Dentro Do Coração. 







GDaun
Enviado por GDaun em 01/12/2006
Código do texto: T306568

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:41)
GDaun