Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enfim um sol em mim...

Enfim um sol em mim,
a esquentar meu corpo gélido
de tanta solidão!
Enfim um sol em mim,
a evaporar as lágrimas de meu rosto,
e a secar as lágrimas de meu coração!
Enfim um sol em mim,
para fazer cessar a escuridão sem fim,
das noites passadas a sós...
Sem ter alguém,
um olhar, uma palavra,
um carinho pra mim...
Enfim um sol, enfim...
Já estando esquecido do calor,
que um amor fazia em mim,
já esquecido das chamas envolvidas
no amor...
Surpreendo-me contigo;
que me traz calores,
transpirações frequentes...
Que mexe com meus humores,
que é toda luz, em meus momentos..
Enfim um sol em mim,
a trazer á minha face outros rubores!
Outras cores,
que só o amor traz em si!

Edvaldo Rosa
01/12/2006
WWW.SACPAIXAO.NET
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 01/12/2006
Código do texto: T306774
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1738 textos (176546 leituras)
23 áudios (10674 audições)
35 e-livros (9253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:04)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor