Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR VERMELHO

                             
És o vermelho caótico dos meus versos,
A gôndola que passeia em meu torpor,
Suave derramar de carinhos que complexos
Me enternecem desmistificando o amor.

Braços vorazes, boca contorcida
Envolvem-me em crítica sedução;
Sou a negação da dor da propria vida
Que embala os sonhos perdidos na emoção.

Passos que ecoam na fúria do compasso
Celebrando os martírios que impetraram,
Regozijam-se funestos em todo espaço
Perpetuando  o clamor que em mim deixaram.

Assim te chegas, como a chama que atordoa,
E invades o que de mim ainda resta;
Sopro de luz deixando-me como quem voa
Para beijar outros lábios de promessa.

E nessa cor flamejante em antonia
Debruças-te inteiro sobre mim,
Desfazendo o mito  que em ti eu via,
Superando os meus anseios em triste fim.
Rose Arouck
Enviado por Rose Arouck em 01/12/2006
Código do texto: T306945
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose Arouck
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil
115 textos (5334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 22:49)
Rose Arouck