Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Neófito

Do amor sempre fui um aprendiz.
Eterno neófito, sorvendo suas leis e dogmas, banhando-me no seu infinito poder.
Aprendendo perspectivas e nuances, visualizando as múltiplas faces de cada história,vertendo e secando lágrimas entre sorrisos autênticos ou não.
Amei e fui amado, sem nunca ter a exata noção de quanto, sofri e sorri desmedidamente, sempre desequilibrando a balança.
Honrei e ignorei juras, vi amores "eternos" desfazerem-se ao amanhecer e outros, surgirem repentinamente à luz das estrelas.
Senti o canto sedutor do vento e a sensualidade das ondas nas noites de solidão.
Percebi a magia no movimento das marés, olhares mudarem a roda da fortuna e beijos selarem destinos.
Aprendi que no amor , nada é mais certo do que a preponderância do imprevisível.
Espero a cada dia uma nova e inédita lição. Levá-la-ei sempre comigo, como um Ekeko,figura do folclore Andino, que carrega nas costas todos os bens que possui, pois o amor me basta e é tudo que preciso, além da doce e inocente ilusão de que eu é que o possuo.

Leonardo Andrade
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 02/12/2006
Código do texto: T307959

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1506 textos (64297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:24)
Leonardo Andrade