Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARGUMENTO

Já conheço seu argumento
vai dizer que sou ciumento
suas palavras sei de cor.
Já conhece minha mania
sabe que choro noite e dia
e vou ficar tanto pior...
Mas o que é que eu posso contra o poder
desse amor que procuro esquecer
tento esquecer
Mas que sempre volta me enlouquecer
Com seus mesmos lindos loucos encantos.
Mais forte que todos os santos,
que me deixa sempre a sofrer...
Lá vou eu sozinho, trilhando o mesmo caminho,
buscando talvez um jeitinho
de novamente seu amor eu ter
Novas cenas fortes, cena rara
músicas, poemas, minha cara
Ainda volto a lhe falar
pra mostrar que não estou todo errado
sim trago o peito machucado
sou um doente apaixonado
e você sabe a sensação.
Vou chorar mais um bocado
saudades do passado
a atormentar meu pobre coração.
Donatello Abrantes
Enviado por Donatello Abrantes em 02/12/2006
Código do texto: T307977
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Donatello Abrantes
União da Vitória - Paraná - Brasil, 30 anos
37 textos (3022 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:07)