Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De medo... e falta... e tente... exclamação!

Daquilo que me dissestes, já nem me lembro mais!
Que se amor só falta... que falta Amor me faz?
A falta que tanto me escapa e preenche
E não falta nada na felicidade que a falta traz!

Daquilo que me dissestes... infame sou! Desconheço!
Quando deveria ter feito de ouvido a razão que vem
E me perco! Escureço teu silêncio e nem mais ligo
E só faz falta... e tenho medo... e tanta gente tem!

Quem é amado nunca sabe porquê é amado!
Quem ama nunca sabe o que falta! Só sente falta!
Não escape! Não escapa que são tantos os medos e prantos
Meus, seus... tantos nossos! Não escapa?

Só ele é motivo! Prossigo e tente e prossiga!
Me percorra que me entender eu não ligo!
Mas leia nas palavras que te nego
E nas que te conto me desprezes... porque minto!

E em cada verso uma exclamação!
dhália
Enviado por dhália em 03/12/2006
Código do texto: T308108
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:14)
dhália