Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LEITO NUPCIAL

“Foi numa vereda tropical”
em que tudo floriu
britando a escassez,
surpreendendo os blocos,
rompendo as regras
da agonia no contra-senso.
Passos tangidos, dias úmdos
embaçados no mormaço,
desaguando no coração -  o amor.
A visão encalhou no reverso da história!
O embaralhado sonho  palpitou!
No horizonte, o bornal da cintura                                                       afroxou os laços da gloriosa cavalgada.
largando os dilemas para trás.
- Onde existe  amor -  não se mede o tempo!
Dificilmente há desleixo ancorado.
O que passou, passou, perdendo sofrimento!
A felicidade cumpriu seu trajeto,
contornando  anseios e carícias;
dispersando a dor, espantando o desamor:
- É o pra sempre e o pra já da nossa hora!
Faz-se a esperança, fecha-se o tempo  em círculo,
Abre-se a roda,  dança-se no centro;
embala-se canções e traços que terminam
no leito nupcial, sem argumento!
Zecar
Enviado por Zecar em 08/07/2005
Reeditado em 15/06/2016
Código do texto: T32180
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:50)
Zecar