Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mal de amô

Mal de amô...

Tô cum a duença do amô.
É uma virose danada
Com uma febre lascada
Que me deixa abafada
Sem sabê se é uma dô...

Dá um frio nas espinha
Dá uma farta de ar
Dá uns gostoso na idéia
Dá um tremô nos oiá
Dá tudo que tem que dá...

Bicho danado de bão
Que me faz enlouquecê
Dá vontade de gritá
Dá também de se abraçá
Dá tudo que tem que dá...

Dá beijos de se fartá
Dá cheiro de agoniá
Dá piscadelas no oiá
Que só farta me matá
Cum esfregas de arripiá
Dá tudo que tem que dá...

Dá uns fungado na nuca
Que me deixa na sinuca
Querendo me aliviá
Dá um suado no peito
Dá uma crença na idéia
Dá tudo que tem que dá...

Que indecença danada
Que estô aqui pra contá
Num há remedio que tome
Pra podê me acalmá
Querendo me aliviá
Dessa duença fatá
Que tudo tem pra me dá...

Num quero mais me curá
Nem remédio vou tomá
Nem quero desabafá
Quero vivê com a agonia
Que só o amô pode dá...

Myriam Peres
Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 08/07/2005
Código do texto: T32336
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54603 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:35)
Myriam Peres