Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caldeirão do diabo

Tentação fogo que queima
Deixa a alma em ebulição
Volúpia dos sentidos
Estopim do diabo
Correndo solto
Na imensidão...
 
A mulher tem muito de diabo
O diabo tem também de mulher
Ambos vivem mentindo
Vivendo  juras, fingindo
De promessas, seduzindo..
 
 
Unha e carne, alma e coração
São pimenta malagueta
Fervendo no caldeirão
São rastilhos de desejos
Que correm rentes ao chão...
 
O caldeirão do diabo ferve
O da mulher é pura explosão
As fagulhas dos seus beijos
Vêm certeiras, vêm queimando
Amores em profusão...
 
Mulher-diabo, diabo-mulher
São pro que der e vier
Confiscando corações
Nas ilusões, tentações
Embromando multidões...
 
Que amores são então?
São frutas na emoçao
O diabo queima
A mulher seduz
Amando com toda paixão...
 
Mulher, diabo e amor
Se entendem nos segredinhos
São aves do mesmo ninho
São cobiça, paixão. emoção
Vivendo só agarradinhos...
 
Myriam Peres
Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 10/07/2005
Código do texto: T32702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54618 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:41)
Myriam Peres