Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imensa saudade

  Pernas separadas,
  vontades não satisfeitas,
  desejos incandescentes,
  saudade sexual.

  Idéia fixa em um amor
  quase impossível.
  Amor dilacerado
  universal e fogoso.

  Foi lindo o princípio, mas,
  desejos outros, de outros,
  impediram o desenrolar.

  Era uma festa constante
  em meu coração ansioso
  por aquele ser,
  no qual não via defeitos.

  Sonhava à noite e de dia,
  dormindo e acordada.
  Lindo nosso amor telepático.
  Sexo também existia.

  Ao deitar sentia tudo.
  A coceira, a entrada,
  o fogo ardente, as delícias,
  dilaceravam as almas.

  Hoje resta saudade imensa,
  vontade de ser feliz,
  de querer rolar deitada
  em seus braços ardorosos.

      Marlene A. A. Reis
marlene andrade reis
Enviado por marlene andrade reis em 11/07/2005
Código do texto: T32914
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marlene andrade reis
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
250 textos (12508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:05)
marlene andrade reis