Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO É DRAMA**

O seu desprezo não é nada.
Sei superar essas fraquezas,
mazelas que nivelam e põe tudo a perder.
O corpo atrai mas a alma espanta,
quando prevalecem as mágoas.

Não faça do nosso caso um drama,
não coloque um disco da Bethânia.
O último romântico se foi
e não deixou saudades.
O que nos liga e atrai é uma trama
de interesses, carne e alma.

Vamos com calma, não há dor,
não há ferida para tratar.
O nosso caso é um fato extraordinário,
mas nada que atraia manchete de jornal.
Não queira tirar ensinamento
do que é só um vento ligeiro.

O nosso amor não é passageiro,
é um transporte, tem norte e direção.
Os estragos na estrada são nada,
pelo que já contabiliza de beijos e afagos.

Deixe passar a mágoa, a nódoa.
A água tudo lava e leva os detritos -
gritos, impaciências, desconfianças.


cp-araujo@uol.com.br
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 12/07/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T33410

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32935 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:28)