Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0360 - Imaginando o amor


 
Imagino apenas o amor,
como se nada fosse,
como se tudo fosse,
sem importância,
apenas como amor,
assim como somos um e outro.
 
O meu amor não tem peso,
é leve e bruto,
macio, às vezes com partes duras,
é espuma como de maré,
líquida como saliva que escorre do beijo.
 
Meu amor é árvore que desfolha,
nasce a cada dia, cada manhã,
cada abraço de bom-dia,
vai o perfume,
quando as janelas se abrem é amor.
 
Amor não tem cura,
é remédio que também não cura,
é dor,
dor que não dói,
é sabor que não tem gosto,
é gosto que tem todos os sabores,
é amor, amor é assim, só amor.
 
13/07/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 13/07/2005
Código do texto: T33632
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116251 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:11)
Caio Lucas