Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOL DE ALVORADA

SOMENTE UMA VEZ TE VI
OLHEI OS SEUS PENSAMENTOS
LEVE E SUAVE
QUE NEM A BRISA DO MAR
QUERO NAVEGAR EM SEUS SONHOS
O MAR É REVOLTO
JÁ POR SER AMADA
MEUS DESEJOS SAO ETERNOS
OS SUSPIROS SÃO ANGUSTIANTES
E DELIRANTES
PENSANDO EM VOCÊ
EM CADA ISTANTE
NÃO FIQUE ASSIM ASSUSTADA
É UM AMOR, UMA PAIXÃO
NÃO SEI DIZER NÃO
SÓ SEI QUE NAO PARO DE PENSAR
NA MULHER
SORRIDENTE E ALEGRE
NÃO SEI SE HÁ MISTERIOS
NOS SEUS CABELOS
OUVIDOS
BOCA
SEIOS
PELO CORPO
SÓ SEI QUE É A MULHER
PARA AMAR  E SER AMADA
ELA É QUE NEM UM SOL
DE ALVORADA
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 13/07/2005
Reeditado em 14/07/2005
Código do texto: T33642
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460294 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:44)
Milton Nunes Fillho