Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assinado: Razão

Oi Coração,

Depois de tanto tempo apreendida na minha consciência, parei para escrever para você.
Parei também para refletir as coisas que andei perdendo... Me espere, por que eu estou chegando.
Me fizesse perder o senso de tudo que eu acreditava ser, de tudo que eu acreditava que existisse, por que o que eu acreditava eu via de uma forma diferente do que os seus olhos e sentimento vêem.
Descobri que posso sentir, Coração!
             Sentir de verdade!
Mudei por você, pra você.
             Não há mais os meus limites impostos por eu mesma.
Perdi-me e achei-me!
             Me fizesse perder a rigidez doa atos, e de todas as verdades que eu acreditava.
Afinal Coração do que você não é capaz?!
             Vencesse a mim! Foi deposta a minha disciplina e guerra contra você, travadas desde o começo da consciência humana.
Só você mesmo para me desnortear.
E não há nada do que me arrepender...
Então aqui vestida de sorrisos, deixo aqui um beijo embevecido de amor que me desse e que me ensinasse a sentir.

Assinado: Razão.
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 13/07/2005
Código do texto: T33643
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:38)
Priscilia Nascimento