Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vivo no Colo do Amor!

Vivo no Colo do Amor!

Amor, embala-me!
Dá-me teu colo , para repousar
meu corpo cansado de tanto lutar!
Ah! Amor, dá-me o sorrir da primavera
que está chegando...
A luz do Sol no meu coração,
as flores ,como estrela guia, debulhadas em botão!..
A relva orvalhada ,para pisar com meus pés cansados,
lutar por uma vida digna, contigo, Amor,
embalando os meus dias!

Mil quimeras d'alma sonhadas e revividas,
nas madrugadas frias e cinzentas !
Travesseiros recheados de carinho , para abrigar
minha cabeça povoada de sonhos.!..

Que eu os possa sonhar, acordar e tê-los,
pertinho de mim , para poder realizá-los!..
Esquecer o muito que sofri na ausência da madrugada,
de teu corpo sem o meu, para me dar a sagração
eterna de um gozo só meu!

Assim, Amor,embala-me! Não me deixes perecer!
Dá-me de novo este colo que eu tecerei
estrelas de sonho ,para ti e para mim
e nos teus braços, finalmente, adormecer!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 13/07/2005
Código do texto: T33851

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14774 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:35)
Poeta Amor