Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR DE POETA

“Ser poeta não é uma ambição minha / É a minha maneira de estar sozinho.”  FERNANDO PESSOA (1888-1935)

Eu posso  dizer que a vida
jamais será reduzida
a uma folha de papel...
Nem o poeta consegue
o amor, a paz que persegue,
a entrada franca no ceu...

Conheço as marcas da lida
da impressão dolorida
ao mais intenso prazer...
Das pessoas bem dotadas
às mais íngremes estradas
que cansei de percorrer...

E volto ao meio caminho
entre rosas e espinhos
misto de amor e maldade...
pois o que amo consiste
naquele sorriso triste
que me enche de saudade...
Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 13/07/2005
Reeditado em 11/09/2005
Código do texto: T33956

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272444 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:37)
Ricardo De Benedictis