Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0362 - Porta do coração


 
Quando o silêncio ficou preso na lembrança,
era sua ausência,
foi assim,
quando parei meus sonhos ao meio.
 
Era sua ausência,
quando meu riso ficou no canto da boca,
até que entrou porta adentro,
sorriu e meu coração sorriu.
 
É sua presença,
nada mais foi sonho,
com nossa presença
ficamos eu e você, ficamos amor.
 
14/07/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 14/07/2005
Código do texto: T34122
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116240 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:08)
Caio Lucas