Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisa Louca

No mínimo olhar
uma vida começa a desenrolar
uma vida que estava perdida
uma vida que estava trancada
uma vida que estava amarrada
e amordaçada pelo tempo

Vagando na noite
trabalhando no dia

Surgiu de repente dentro do peito
a esperança e o amor guardado ao relento

És como o caminho de brilho
a iluminar a escuridão de uma estrada de pedras

És como uma coisa louca
que apareceu na minha vida
para derrubar as paredes da fortaleza sofrida
para acabar com a guerra
do meu ser
e transformar em uma nova era
o meu viver

Vieste em silêncio sem pedir permissão
vieste como o vento para cumprir a missão

Entraste em mim como uma flor
sem espinho
entraste em mim bem de mansinho e
construíste um pequeno ninho
entraste em mim como uma coisa louca
e deixaste uma coisa louca

Senti quando a vi,
que minha vida mudaria
a partir dali

Então o Sol brilhou novamente
mais forte que água ardente

Que as forças ocultas do amor
reine em nosso mundo
em nosso fundo

Que nossas vidas se compactem numa só
Vem comigo que saberás tudo e
terás tudo
te mostrarei como é forte
o nosso mundo

Hoje estou feliz, como nunca antes
hoje estou contente, porque sei que
existe o ser a quem procurava
e isto confesso a ti, que pensei que não encontrava

Não nos prometemos nada
não nos cobramos nada

Somente somos a sede
matada pela água
somente somos o fogo
que incendiou corações
somente somos nós
Bruxo Yahoo
Enviado por Bruxo Yahoo em 15/07/2005
Código do texto: T34517

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruxo Yahoo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
130 textos (5549 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:12)
Bruxo Yahoo