Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor platônico

      amor platônico

Oh! como fui ingênua, sem maldade
alimentando sonhos...fantasias...
não imaginei que por mera vaidade
fingias um amor que não sentias...

O sonho terminou,enfim eu acordei!
Um triste despertar, mas não importa.
Se sofro, sofri ou se chorei,
jamais eu mendiguei amor à tua porta.

Assim como nasceu, também há de morrer
não será difícil te esquecer:
foste cruel, fingido, até irônico!

Mas uma coisa te asseguro, juro:
meu amor foi fiel, singelo e puro;
talvez o mais bonito amor platônico!
dezinha
Enviado por dezinha em 16/07/2005
Código do texto: T34757
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dezinha
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
175 textos (13636 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:42)