Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Versos Sem Nome

No teu peito,
leito de todos os meus amores
vou desfiando canções,
ilusões do nosso querer.

Nossas calmas madrugadas,
enluaradas e com cheiro de mar,
é templo da nossa jornada,
onde transparentes
somos sementes lançadas,
pessegueiros a florar.

Somos a resposta ao chamado.
Livre de pecado e sem dor,
apenas o doce destino
pré-determinado, traçado
por Algo, a nós, muito Superior.

Você é o que eu mais preciso.
E, sem culpas colho esse amor.
A cada manhã um novo paraíso,
Onde, me dissipo e me encontro
no som amistoso do seu riso
ritual de ternura e calor.




***imagens google***




AndreaCristina Lopes
Enviado por AndreaCristina Lopes em 05/02/2005
Reeditado em 18/04/2011
Código do texto: T3560
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AndreaCristina Lopes
Cascavel - Paraná - Brasil, 43 anos
483 textos (22678 leituras)
6 áudios (660 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:23)
AndreaCristina Lopes